domingo, 29 de julho de 2012

Vai valer a pena...

Não compreendo os teus caminhos mas te darei a minha canção, doces palavras te darei. Me sustentas em minha dor e isso me leva mais perto de ti, mais perto dos teus caminhos... E ao redor de cada esquina, em cima de cada montanha, eu não procuro por coroas ou pelas águas das fontes, desesperado eu te busco, frenético acredito que a visão da tua face é tudo o que eu preciso e te direi: que vai valer a pena!

Nenhum comentário:

Postar um comentário